Os 10 Melhores Tênis Femininos para Corrida

Toda prática de corrida envolve força de vontade, disposição, orientação de um profissional, regularidade mas também um bom equipamento.
Entre as corredoras o tênis de corrida é um assunto a ser tratado com consideração diferenciada.
Um mal calçado pode causar lesões sérias na coluna, joelho e calcanhar, muito comum quando se opta por um calçado sem ler mais sobre o assunto.
Para ajudar na escolha fizemos uma lista dos 10 melhores tênis femininos para corrida que podem ser o que você precisava para um treino sem dores ou melhor desempenho.

Mas para escolher o melhor tênis o principal ponto é fazer o teste da pisada.
Realizado por um ortopedista ou fisioterapeuta ou mesmo em algumas lojas, o teste mostra qual o seu tipo de pisada: se pronada, supinada ou normal.
Os fabricantes de calçados sabem diferenciar os tipos e ajudar com modelos específicos para esse tipo de corrida e assim ajudar melhor no desempenho do atleta e sua saúde corporal.

10 – Rio 3 da Olympikus

Rio 3 da Olympikus

Alguns compradores de material esportivo podem achar estranho encontrar na lista dos melhores tênis femininos para corrida um modelo Olympikus.
A marca é conhecida por seus modelos baratos e funcionais, mas não específicos para corredores e surpreendeu quando lançou este modelo.
Um dos atrativos é o preço baixo: apenas R$ 180 em média online ou nas lojas físicas brasileiras.
Mas calma: preço baixo não é sinônimo de má qualidade.
O modelo é bem mais leve que muitos concorrentes, apenas 243 gramas.
Um dos diferenciais é possuir um bom amortecimento mas mesmo assim ser mais baixo, bem distribuído, aumentando a sensação de liberdade no pé do corredor, mas não agrada a todos, em especial fãs de amortecimento proeminente.
Um dos problemas dos calçados da marca era serem quentes mas o aquecimento foi resolvido com tecidos respiráveis e bem mais fáceis de lavar.
E as cores são bem femininas!

9 – Fastwitch 6 da Saucony

Fastwitch 6 da Saucony

A Saucony não é uma das marcas de elite de corrida no Brasil, mas mundo afora tem recebido diversos elogios.
O design é simples, bem limpo e ótimo para quem não curte o colorido de algumas marcas de tênis de corrida atuais.
Um dos atrativos é o preço: em média R$ 200.
Não é um tênis de alta performance mas de longos treinos, resistente e bem leve: apenas 211 gramas.
A indicação de uso é para corredores com pisada neutra e supinada.
Sua flexibilidade no solado é um dos pontos altos, ajudando em treinos longos e a melhorar o desempenho na pista.

8 – Supernova Glide Boost 7 da Adidas

Adidas Supernova Glide Boost 7

Infelizmente a gigante Adidas ainda não está com tecnologia para ficar no topo da lista, mas com certeza está entre os 10 melhores.
A tradicionalíssima nos calçados esportivos criou um modelo de custo mediano, em média R$ 500.
Mas há um enorme diferencial no design: em cores mais femininas.
Tem laranja, rosa, lilás e combinações bem diferentes.
A espuma Boost de EVA fornece um ótimo amortecimento tanto na parte dianteira como traseira do calçado, dando mais estabilidade durante treinos e competições.
Dos listados aqui ele é considerado o mais durável: 800 km em média, podendo fazer bem mais sem comprometer a qualidade do calçado.
Em comparativo um tênis de corrida médio deve ser trocado depois de 500 a 700 km percorridos por perder a capacidade de amortecer.

7 – Springblade Drive da Adidas

Springblade Drive da Adidas

O design realmente choca com seu tom moderno e até diferencial para quem adora estilo em competições.
Mas não é apenas isso que chama a atenção no modelo diferenciado da Adidas.
Esse solado diferenciado vem com 16 lâminas que além de serem lindas e fashions, distribuem o peso do corredor para ajudá-lo a ganhar mais impulso na próxima passada, um ótimo material para competidores de velocidade.
Sua cobertura é diferente dos demais concorrentes até mesmo da própria marca por ser muito mais respirável e saudável para o pé do corredor.
Infelizmente o mesmo ponto alto do calçado é o seu baixo: o solado.
As lâminas são feitas para pista, asfalto e esteira, não indicadas para trilha por diminuir a durabilidade do produto.
Preço médio de R$ 300.

6 – Wave Creation 17 da Mizuno

Wave Creation 17 da Mizuno

O bacana da Mizuno é que ela pode errar em alguns modelos porque ainda está começando seus investimentos na linha corrida mas corrige já no próximo.
Não deve ser listado como um dos primeiros entre os melhores tênis femininos para corrida mas o Wave Creation 17 merece uma consideração.
Um dos diferenciais do modelo é o conforto.
Quem usou comenta: parece mesmo que está andando descalço.
Tem mais amortecimento que os modelos anteriores da Mizuno e muito mais estabilidade, sendo uma ótima dica para treinos e corridas de rua.
A indicação é para atletas com pisada neutra ou supinada.
Preço médio de R$ 600.

5 – Zpump Fusion 2.0 da Reebok

Zpump Fusion 2.0

Quem está acostumado com modelos com amortecimento robusto e externo deve ter uma resistência a primeira olhada do Zpump Fusion 2.0, um novo modelo da Rebook.
Uma das vantagens do modelo é ser voltado para todos os tipos de pisadas, o que não deixa o corredor em dúvida se serve ou não no seu pé se não realizou ainda o teste da pisada.
O seu cabedal tem uma tecnologia diferenciada: Seamless PowerFrame Glove.
Isso quer dizer que não possui costura, o que ajuda muito a evitar calos, comuns em treinos longos.
Quem faz treinos acima de 30 km também deve gostar de saber que é um tênis Power Frame, fazendo uma leve compressão nos pés e ajudando a melhorar a passada e ao mesmo tempo que ajuda o fluxo da circulação sanguínea.
Considerado leve, com média de peso de 278 gramas.
Valor médio de mercado de R$ 600.

4 – Mizuno Wave Prophecy 4

Mizuno Wave Prophecy 4

Apesar do design diferenciado de amortecimento o modelo não se torna mais pesado, somando 272 gramas na versão feminina.
O amortecimento presente em todo o solado tem a tecnologia U4ic, que trás como vantagem uma pisada mais estável, maior segurança para o corredor.
Apesar de ser flexível, não é dos mais flexíveis mas bem confortável e com tecido leve para ajudar na transpiração do atleta.
O calçado é voltado para quem tem pisada neutra ou supinada.
Preço médio de R$ 350.

3 – Free RN Flyknit da Nike

Free RN Flyknit

Pode não ser um dos pontos mais importantes o design, mas entre os melhores tênis femininos para corrida precisa se falar dos mais bonitos.
O design inovador e mais limpo vai de encontro a muitos modelos por ser mais limpo, sempre cores únicas.
Formado por cabos integrados ao cadarço torna o modelo mais confortável e não fazer pressão nos pés durante a corrida.
Indicado para pisadas neutras não é dos mais leves, 240 gramas, fica entre os medianos.
A sensação de quem corre com ele é de andar de pés descalços mas com muita estabilidade e excelente qualidade de amortecimento.
Também é muito mais flexível por cabos terem sido adicionados ao cabedal em knite, uma ótima dica para quem treina longas distâncias em pistas e esteiras.
Valor médio de mercado de R$ 500.

2 – Kenya Racer 3 da Fila

Kenya Racer 3

A Fila tem um enorme respeito internacional em sapatos esportivos para futebol e corrida.
Seu mais novo modelo lançado em 2016 traz um ponto forte de destaque: leveza.
São apenas 176 gramas contra mais de 300 de muitos modelos indicados para correr.
Foi considerado por especialistas um dos melhores do mercado para corredores de maratona por seu baixo peso e usar a tecnologia Energized Ribbons, com amortecimento no calcanhar, o espaço onde acontece o maior impacto na corrida.
Indicado para quem possui pisada neutra ou supinada.
Custo médio de R$ 300.

1 – Asics Kayano 22

Tecnologia-do-Tenis-Kayano-22-

Todo bom corredor já ouviu falar ou até tem um Asics em casa.
Quando ganhou fama no mercado de ser uma das melhores para o esporte com tecnologia específica para o pé do corredor.
O Asics Kayano 22 foi eleito por alguns especialistas como melhores tênis femininos para corrida da marca por diversos motivos.
O principal é a leveza, um ponto importante para corredores de meia maratona que outros Asics não possuem.
Possui apenas 253 gramas, menos de 100 gramas de modelos considerados top como o Evate.
Quem tem pisada pronada conta com um estabilizador interno que corrige o amortecimento e distribui o peso igualmente.
Indicado para treinos longos.
Valor médio no mercado brasileiro é de R$ 600. Usando este cupom de desconto Centauro de 15%, ele fica quase R$500!

Observação: peso dos produtos para tamanho 37/38, variável de acordo com o tamanho do calçado.

Dicas de Look com Legging para academia

Legging é o tipo de peça que se você não tem uma não sabe o que está perdendo.
Versátil, vai do look verão ao inverno podendo ser combinada com tudo literalmente.
Vale usar com vestido quando está achando curto demais, shortinhos, saias, sozinho ou com seu top de academia.
A peça entrou mesmo na moda no ambiente fitness, lá nos anos 80, e você até conhece uma personagem que ajudou a propagar o uso: a cantora pop norte americana Madonna.
Mas antes já tinha uso sim e é uma adaptação do balé.
Hoje é uma das mais versáteis para usar e há infinitas possibilidades de looks tendo apenas uma no guarda roupa. Confira!

looks com legging 5

Com blusas compridas

São uma ótima opção de visual e podem ser de diversos comprimentos.
As mais compridas estão mais em pauta, passando um pouco mais da cintura.
Legging quer dizer roupa justa ao corpo em sua tradução e isso não é uma desvantagem.
Por ser justa ela torneia as pernas e valoriza as curvas, em especial o bumbum.
Quem tem pernas grossas pode ganhar uma imensa vantagem com combinações com esta peça.

looks com legging 1

A legging com blusas soltinhas ou camisa social entra para ajustar as proporções, por isso é uma peça democrática para gordinhas e magrinhas.
A combinação de cores é bem livre, podendo ser estampa com estampa.
Mas para quem não quer errar sempre existe a legging preta e os tons neutros como marrom, bege, cinza e azul marinho.
Para quem não quer perder a peça em qualquer época algumas estampas são sempre bem vindas como xadrez, florais, tribais e preto e branco com qualquer desenho.

looks com legging 3

Com saias e vestidos

Vestido ficou curto demais ou saia ficou curtinha?
Combine com uma legging e vai arrasar sem medo de ser feliz.
A sobreposição por si só é uma composição fashion e muito querida no mercado e pode ajudar bastante a quem quer um visual diferente.
A dica é apenas tentar combinar com um vestido um pouco mais solto para ajustar as medidas.
Vestido justo tipo tubinho com calça legging pode, mas as magrinhas ficam ainda mais finas com o modelo.

looks com legging 2

Look academia

É no meio fitness que a legging faz mais sucesso e combina melhor.
Super confortável, é uma peça para usar tanto para sua aula de ginástica como uma corridinha na esteira.
Na teoria não existe combinação errada porque no look fitness quanto mais cores melhor, mas pode-se pensar em usar estampas sempre em contraste: uma calça clara para uma blusa escura ou o inverso.
Estampas com desenhos mais largos deixam as medidas mais grossas, então atente para grafistas e minimalistas ou tons lisos se você anda um pouco acima do peso. Na Netshoes tem uma lista delas em promoção.
Atenção ao tecido também: quanto mais fino mais marcante ele é, podendo deixar em evidência até mesmo marquinhas de celulite.

looks com legging 6

Como usar Top na Academia? Veja Dicas de Looks!

Dos curtinhos aos mais comportados, os tops fazem parte de look para academia obrigatório.
Algumas características não podem ser esquecidas como conforto (não pode apertar muito para dificultar os movimentos), boa sustentação nos seios e claro, beleza.
Se não for bonito não vale, não é meninas?

top para academia 4

Qual modelo escolher?

O primeiro ponto para avaliar na hora da compra é qual modelo escolher. O top com bojo são ótimos para dar volume frontal em quem tem seios pequenos.
Modelos tipo camisetinha são mais agradáveis para as mais tímidas porque não possuem decote.
Os croppeds são ótimos para quem tem a barriga sarada e valorizam o busto.
O decote em V ajuda bastante a valorizar o busto também, em especial para quem anda malhando mais esta parte e quer sentir o resultado.
top para academia 3

Como combinar

Top de academia não precisa necessariamente combinar com a legging, short ou calça.
Mas para quem quer se sentir mais segura que está arrasando no look vale escolher uma das cores da estampa de uma das peças para um tom liso na outra.
Claro, algumas cores favorecem mais as medidas como preto e azul marinho para parecer ter o busto menor, uma das ilusões de ótica mais usadas na moda.
Estampas claras aumentam as medidas, ótima dica para quem tem seios pequenos.
Por enquanto guarde suas estampas neon, na moda gym estão afastadas por um tempo.

Como se vestir bem para o Trabalho? Dicas de Roupas!

Não é uma tarefa nada fácil acordar todos os dias e escolher o que vestir para ir trabalhar, afinal, é importante ter um look legal, não é mesmo?

Sendo assim, a combinação de peças, a escolha de estilos e até mesmo a adequação do vestuário são detalhes de extrema importância e é por isso que é preciso saber o que fazer.

Então, se você não sabe bem como se vestir, confira as dicas de look pro trabalho que vêm a seguir e acabe com suas dúvidas.

Vamos lá?

capa

Dicas de look pro trabalho: o que não usar?

Antes de aprender as dicas sobre o que usar é preciso entender quais são as peças ou estilos que você não pode usar de jeito nenhum.

Então, independentemente do lugar que você trabalha, existem coisas que devem ser evitadas, tais como:

  • Decotes exagerados
  • Roupas muito justas
  • Muita transparência
  • Excesso de assessórios
  • Itens barulhentos
  • Chinelos ou calçados informais

Abusar da sensualidade com muita pele à mostra também pode ser um grande erro então lembre-se que é possível ser sensual através de pequenos detalhes, mantendo a elegância do look. 😉

2 o que não usar

Dicas de look pro trabalho: o que posso usar?

Algumas peças são verdadeiros curingas na hora de montar um look para o trabalho e facilitam bastante no momento da decisão.

Uma boa calça de alfaiataria, por exemplo, pode salvar você naquela situação que exige um visual mais formal, lembrando que ela não deve marcar o bumbum nem a barriga.

Um blazer também é um aliado no ambiente de trabalho e os modelos mais ajustados ou acinturados são excelentes para manter a feminilidade sem sensualizar demais.

Já o jeans é sempre visto como um vilão no trabalho, mas não precisa ser sempre assim, basta escolher uma lavagem mais escura e combinar ele com peças mais elegantes, como uma blusinha de seda, por exemplo.

3 o que usar

Quanto aos sapatos é possível inovar e fugir do tradicional usando, por exemplo, o queridinho Oxford, os modelos peep toe ou mesmo modelos com detalhes metalizados, que são uma tendência desse ano.

Utilizar estampas também é uma boa maneira de dar mais personalidade a um look de trabalho ou mesmo para deixá-lo mais informal.

Então aposte em estampas que sejam discretas, preferencialmente com cores neutras e motivos pequenos, misturando-as com peças lisas para dar um equilíbrio.

Quanto aos acessórios a dica de look pro trabalho é sempre não exagerar, lembrando que menos é mais.

4 o que usar

Isso não quer dizer que você não pode apostar em um maxicolar, por exemplo, mas deixe para usá-lo quando a roupa for mais sóbria, entendeu?

Lembre-se sempre de usar acessórios de boa qualidade, de materiais bons e com bom acabamento, ou seja, pense bem antes de botar aquela pulseira de plástico.

Quando o trabalho é um pouco mais informal, você pode deixar de lado a calça social, por exemplo, e utilizar até mesmo um jeans com uma camiseta, completando o visual com um blazer mais moderno e um salto.

5 trabalho informal

Dependendo ainda do nível de informalidade, que é muito comum em setores mais criativos de uma empresa, o que vale é a criatividade e personalidade, desde que mantenha os princípios de não exagerar.

Lembre-se antes de tudo que o mais importante é sentir-se bem e não há nada como um toque de personalidade para criar um look de trabalho lindo.